BLOG

 
 
Buscar

25 dias, 23 horas, 57 minutos: O drone da Airbus conclui o registro do voo inaugural

A Airbus anunciou o pouso suave e o recorde mundial da primeira aeronave de produção de seu programa Zephyr, o Zephyr S HAPS (High Altitude Pseudo-Satellite).

O drone movido a energia solar decolou em 11 de julho no Arizona e pousou mais de 25 dias depois. A Airbus disse em um comunicado que "Este voo inaugural do Zephyr S, movido a energia solar, comprova as capacidades do sistema e alcançou todos os objetivos de engenharia do voo".


O Governo do Reino Unido está na fila para poder utilizar a grande "capacidade de mudar o jogo" do Zephyr.

O Zephyr da Airbus parece destinada a ser uma plataforma aérea líder em energia solar que opera no espaço entre satélites convencionais e aeronaves tripuladas. Ele é executado exclusivamente com energia solar e pode fornecer "serviços locais parecidos com satélites convencionais".

Este novo voo recorde foi apoiado pelo governo do Reino Unido, refletindo o fato de que o Ministério da Defesa do Reino Unido é o primeiro cliente a se beneficiar do que tem sido descrito como algo que tem “capacidade de mudar o jogo”.

"Este muito bem-sucedido vôo inaugural representa um novo marco significativo no programa Zephyr, adicionando um novo registro de resistência de vôo estratosférico que esperamos que seja formalizado muito em breve", disse Jana Rosenmann, Chefe de Sistemas Aéreos Não-Tripulados da Airbus.

"Nos próximos dias, verificaremos todos os dados e produtos de engenharia e iniciaremos a preparação de voos adicionais planejados para o segundo semestre deste ano a partir de nosso novo local de operação no aeroporto de Wyndham, na Austrália Ocidental".


Aplicações sem fim para imagens aéreas persistentes

A Airbus prevê que o drone Zephyr atrairá clientes comerciais e militares. Poderia, por exemplo, fornecer melhor gerenciamento de desastres e conscientização situacional, monitorando a disseminação de incêndios florestais ou vazamentos de petróleo de longe.

Do ponto de vista militar, a aplicação óbvia será para vigilância persistente. Mas a troca de cargas poderia permitir que o Zephyr fosse usado para fornecer comunicações para partes não conectadas do mundo.


Traduzido livremente por este site. Para visualizar a matéria original, clique aqui!

0 visualização
 
 
 
 
  • Twitter Metallic
  • Facebook Metallic
  • YouTube Metallic

© 2018 DroneMagazine 

Todos direitos reservados

Desenvolvido por Adriano Stocco

Inaugurado em 07/09/2018